Importância da pós-graduação especial e inclusiva

A educação inclusiva pode ser definida como o ensino que permite a integração de alunos com algum tipo de deficiência nas turmas regulares, reforçando a garantia do direito de todos à educação. A pós-graduação EAD em educação especial e inclusiva é muito importante para que os profissionais estejam preparados para lidar com os desafios.

De acordo com o IBGE, 6,7% da população brasileira possui algum tipo de deficiência, sendo que 3,5 bilhões possuem idade de até 14 anos. 

A pesquisa “O que a população brasileira pensa sobre a educação inclusiva”, encomendada pelo Instituto Alana e feita pelo Datafolha também revela dados interessantes. Entrevistando mais de 2.000 pessoas e colhendo informações de mais de 7.000 brasileiros, o estudo apontou que 86% dos entrevistados acreditam que as escolas se tornam melhores ao incluir alunos com deficiência.

Os desafios da educação inclusiva e a pós-graduação EAD em Educação

Em 2008, a Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva determinou que alunos com necessidades especiais deveriam ser incluídos em turmas regulares. Antes disso, esses estudantes tinham aulas nas chamadas “escolas especiais”, ou seja, salas de aula em que só estudavam alunos com alguma deficiência.

Outra conquista foi a Lei Brasileira de Inclusão, criada em 2015, visando a igualdade de direitos. No entanto, muitas escolas do país ainda não estão preparadas para receber esses alunos. 

A falta de uma pós-graduação EAD em Educação voltada para a inclusão associada a problemas de infraestrutura resultam em instituições que não possuem condições de trabalhar com a inclusão.

De acordo com a pesquisa encomendada pelo Instituto Alana, 71% dos entrevistados dizem que os professores têm interesse em trabalhar com crianças com necessidades especiais. No entanto, 67% acreditam que profissionais da educação não tem formação adequada para isso.

Fazer uma pós-graduação EAD em libras, por exemplo, é um passo importante para a preparação dos professores. A pós-graduação em educação especial e inclusiva é essencial para que os profissionais da área tenham especialização e, consequentemente, tenham conhecimento aprofundados sobre esse ensino.

As escolas também devem estar atentas à questão da estrutura para atender alunos com deficiências físicas, como a instalação de rampas.

Como promover a inclusão de alunos deficientes?

Incluir alunos com alguma deficiência, seja ela física ou cognitiva, é fundamental para o desenvolvimento do estudante. No entanto, não é fácil. Para isso, o primeiro fator a ser abordado é o estudo por parte dos profissionais de educação.

Uma pós-graduação EAD em educação especial e inclusiva é o início para se aprofundar no tema. No curso de pós-graduação EAD, é ensinado mais sobre as diversas deficiências e como lidar com elas na educação. 

Também é importante que o professor estude mais sobre a síndrome ou deficiência específica do aluno, além do diagnóstico. Assim conseguirá ter um panorama das dificuldades e como agir diante delas.

O monitoramento do aprendizado e evolução do aluno também precisa ser realizado. Especialistas apontam que manter a família informada e ter contato com equipe terapêutica é essencial.

Pós-graduação EAD em Educação: conte com a FAVENI!

Quer cursar uma pós-graduação EAD em libras, educação inclusiva ou outra pós-graduação EAD em educação? Conte com a Faveni! Todos os nossos cursos de pós ead são devidamente certificados pelo MEC, comprovando a qualidade!

Temos diversos cursos disponíveis de forma virtual, como pós-graduação ead em pedagogia, educação infantil, além de outras áreas!

webfoco