O Programa Universidade para Todos – PROUNI tem como finalidade a concessão de bolsas de estudo em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições privadas de educação superior.

Somente poderá se inscrever nos processos seletivos do PROUNI o estudante brasileiro não portador de diploma de curso superior que tenha participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) referente à edição imediatamente anterior ao processo seletivo do PROUNI, desde que tenham obtido no mínimo 450 pontos na média das notas do Exame e nota acima de zero na redação; tenha cursado o ensino médio completo em escola da rede pública; ou tenha cursado o ensino médio completo em instituição privada, na condição de bolsista integral da respectiva instituição.

O Prouni oferece bolsas de estudos nas melhores instituições privadas do país. As bolsas oferecidas pelo Prouni são de duas modalidades diferentes: Bolsa Prouni integral e Bolsa Prouni Parcial de 50%. Para concorrer a cada uma das opções, o aluno deverá possuir renda familiar diferenciada. Para concorrer a bolsa integral, a renda mensal familiar deverá ser de no máximo um salario mínimo e meio por pessoa. Já para concorrer a uma bolsa integral, o aluno deverá possuir renda máxima de até três salários mínimos por pessoa. Os alunos que recebem a bolsa parcial tem o direito de contratar o Fies para cobrir a outra metade do investimento da graduação.

O PROUNI já atendeu, desde sua criação até o processo seletivo do primeiro semestre de 2013, mais de 1,2 milhões de estudantes, sendo 68% com bolsas integrais. Hoje são mais de 1,4 milhões de estudantes.

Assim, o Programa Universidade para Todos, somado ao Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), ao Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), a Universidade Aberta do Brasil (UAB) e a expansão da rede federal de educação profissional e tecnológica ampliam significativamente o número de vagas na educação superior, contribuindo para um maior acesso dos jovens à educação superior.